Intitulada “Intersections – within the Global South (Intercessões dentro do Global Sul)”, a amostra congrega quadros de 15 profissionais, em representação de Angola, Moçambique, África do Sul, Brasil, RDC, Portugal, Burkina Faso e Namíbia.

A exposição, que estará patente até 16 de Janeiro de 2020, pode ser visitada de segunda-feira a sexta-feira, entre as 12h00 e as 19h00, e aos sábados, entre as 10h00 e as 13h00.

A mesma resulta de uma parceria entre a galeria angolana This is Not a White Cube e a sul-africana MOMO Gallery, sob curadoria de Sónia Ribeiro e Graça Rodrigues.

Constam dos expositores da amostra, entre outros profissionais, os artistas Alida Rodrigues, Bete Marques, Januário Ano e Teresa Firmino.

Nessas obras, os jovens artistas exploram, de forma conceptual e artística, múltiplas afinidades inerentes ao seu contexto histórico, social e político contemporâneo.

Segundo a curadora da amostra, Sónia Ribeiro, as obras distanciam-se, material e tecnicamente, dos suportes e dos géneros artísticos mais convencionais, através de uma ausência quase total de trabalhos de pintura “stricto sensu” (no sentido específico).

Por sua vez, a curadora Graça Rodrigues considera que há, nessa amostra, uma  diversidade de géneros, patentes na fotografia a preto e branco, na exploração de suportes e processos pictóricos e fotográficos, nas esculturas de aço e em papel.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here