“O Ministério da Saúde, a secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e a secretaria municipal da Saúde de São Paulo confirmaram um terceiro caso importado de coronavírus no Brasil. Além desse, investigam outro possível caso confirmado de coronavírus na capital paulista. Os exames de contraprova estão a ser realizados”, informou a pasta da Saúde na rede social Twitter.

Na quarta-feira passada, foi confirmado o primeiro caso positivo de contágio no Brasil: um homem com 61 anos, residente em São Paulo, que viajou sozinho em trabalho entre os dias 9 e 21 de fevereiro para a região da Lombardia, no norte de Itália.

Já no último sábado, um paciente de 32 anos, que apresentou sintomas também após regressar de Itália, tornou-se no segundo infetado pelo novo coronavírus no país sul-americano.

O Brasil foi o primeiro país da América Latina a registar a primeira infeção pelo vírus.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou cerca de 3.200 mortos e infetou mais de 94 mil pessoas em 78 países, incluindo cinco em Portugal.

Das pessoas infetadas, cerca de 50 mil recuperaram.

Além de 2.983 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Hong Kong, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América e Filipinas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

Publicidade