“Neste momento estão já certificados cerca de 200 milhões de euros de dívida e pagos cerca de 100 milhões de euros. É um processo em curso em que autoridades angolanas têm feito um esforço muito grande, claro e inequívoco para contribuir para o pagamento dessas dívidas e permitir que haja uma relação de confiança forte das empresas portuguesas”, afirmou António Costa, numa conferência de imprensa conjunta com o Presidente angolano, João Lourenço, no Porto.

O chefe de Estado de Angola acrescentou que “o importante é que, uma vez certificada a dívida, a qualquer momento Angola líquida todas as dívidas pendentes”.

Publicidade