“Esta é mais uma medida do Governo no âmbito da melhoria das condições de vida dos guineenses na diáspora”, refere um despacho divulgado na sua página oficial na rede social Facebook o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Segundo a tabela publicada por aquele ministério, o custo de emissão de passaportes para guineenses residentes na Europa passa a ser de 80 euros, enquanto na América e na Ásia passa a ser de 90 dólares (81 euros).

Em África, o valor da emissão do passaporte passa a ser de 52.000 francos cfa (cerca de 79 euros).

O Ministério dos Negócios Estrangeiros determinou também que o expediente único das embaixadas para a emissão de passaportes é de 15 euros, estipulando o mesmo valor para a célula de inscrição consular.

“É extinta a cobrança de taxas de urgência e qualquer outra que incida sobre o passaporte e célula de inscrição consular”, refere o despacho, assinado pela chefe da diplomacia guineense, Susy Barbosa.

Publicidade