A chegada das pontes está prevista para as próximas semanas, disse João Machatine, ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, citado hoje pelo diário Notícias.

O ministro indicou ainda que está em curso um processo de levantamento dos troços considerados críticos no país e que poderão necessitar de alguma intervenção.

Moçambique espera receber um financiamento do Banco Mundial para comprar outro lote de pontes em 2021, avançou o governante.

Entre os meses de outubro e abril, Moçambique é ciclicamente atingido por ventos ciclónicos oriundos do Índico e por cheias com origem nas bacias hidrográficas da África Austral.

Em dezembro de 2019, sete distritos do norte da província de Cabo Delgado ficaram isolados devido ao desabamento de uma ponte sobre o rio Montepuez, durante a época das chuvas.

No total, a época das chuvas 2019/2020 provocou a morte de 54 pessoas devido a desastres naturais (sobretudo raios e inundações), e afetou cerca de 65 mil pessoas, muitas com habitações inundadas, segundo dados do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here