O Governo moçambicano vai retirar dos estabelecimentos comerciais enlatados provenientes da África do Sul, após informações dando conta da existência de produtos mal processados e impróprios para consumo humano, foi hoje anunciado.

“Está confirmado que há produtos enlatados impróprios para consumo humanos e a nossa recomendação é a retirada desses produtos”, disse hoje aos jornalistas Rosa Marlene, diretora Nacional de Saúde.

O alerta sobre a existência de produtos enlatados sul-africanos impróprios para consumo humanos foi dado a Moçambique pela Organização Mundial da Saúde e pela própria África do Sul, país vizinho e do qual Moçambique importa parte considerável de produtos, com destaque para os alimentos.

“Nós comunicamos a Inspeção Nacional de Atividades Económicas logo que tivemos a informação e agora este órgão está a organizar os mecanismos que tem para que os produtos sejam retirados em todo país”, concluiu a diretora Nacional de Saúde.

Publicidade