O diretor do Instituto Nacional de Desenvolvimento Humano (INDE), Ismael Nheze, disse ao diário Notícias de Maputo que o plano prevê ainda a entrega de 162 mil manuais e 163 mil guiões do professor, no ensino primário.

Os alunos da terceira, quinta, sexta e sétima classes deverão devolver os livros no final do ano letivo, enquanto os da primeira, segunda e quarta classes estão isentos desta obrigação, afirmou Ismael Nheze.

Os livros de distribuição gratuita estarão nas escolas até ao próximo dia 25, acrescentou.

“Colocámos uma equipa para agilizar o processo de desembaraço aduaneiro do livro, daí que acreditamos que vamos conseguir colocá-lo dentro dos nossos planos”, assinalou o diretor do INDE.

Logo na primeira semana do arranque das aulas, prosseguiu, todos os alunos devem receber o livro de distribuição gratuita.

Anualmente, o Governo moçambicano distribui milhões de livros didáticos aos alunos do ensino primário, visando colmatar a incapacidade financeira da maioria dos encarregados de educação, incentivar o ensino e reduzir a taxa de abandono escolar.

Publicidade