O avançado Valdu Té, que alinha no Arouca, depois de ter feito parte da formação no Vitória de Setúbal, foi pela primeira vez chamado para os ‘djurtos’.

Os restantes ‘portugueses’ chamados pelo selecionador Baciro Candé são os defesas Nanu (Marítimo), Mamadu Candé (Santa Clara) e Juary Soares (Mafra), os médios Manconi Soriano (Moreirense), João Jaquité (Tondela) e Bura (Farense), os avançados Romário Baldé (Gil Vicente) e João Mário (Académico de Viseu) e o guarda-redes Rui Dabó (Fátima).

A seleção guineense vai concentrar-se em Portugal, seguindo diretamente para São Tomé e Príncipe, para o jogo da primeira mão.

O segundo jogo está marcado para 10 de setembro, no Estádio 24 de setembro, em Bissau.

Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe tentam chegar pela primeira vez à fase de grupos de qualificação para um campeonato do mundo.

Os ‘djurtus’ tentam a sua qualificação desde o Mundial1998 e São Tomé e Príncipe desde o Mundial2002.

Lista dos 20 convocados:

– Guarda-redes: Jonas Mendes (Black Leopards, Afs) e Rui Dabó (Fátima).

– Defesas: Rudinilson Silva (Kaunas Zalgiris, Lit), Marcelo Djaló (Fulham, Ing), Juary Soares (Mafra), Mamadu Candé (Santa Clara) e Nanu (Marítimo).

– Médios: Sori Mané (Moreirense), Pelé (Reading, Ing), Bura (Farense), Moreto Cassamá (Reims, Fra) e João Jaquité (Tondela).

– Avançados: Piqueti Djassi (Ismaily, Egi), Toni Silva (Astra Giurgiu, Rom), Mama Baldé (Dijon, Fra), Romário Baldé (Gil Vicente), Joseph Mendes (Ajaccio, Fra), Jorge Íntima (Ludogorets, Bul), Valdu Té (Arouca) e João Mário (Académico de Viseu).

Publicidade