Guiné-Bissau pode perder apoio do Banco Mundial e do FMI

Publicidade