“Desde agosto do ano passado a esta data muito se tem falado sobre estas viaturas. Foram muitos os rumores veiculados à volta deste assunto. Hoje somos testemunhas de que nenhum carro foi vendido, nenhum carro foi oferecido e que nenhum carro foi afeto à Presidência da República”, afirmou o chefe de Estado guineense.

As 90 viaturas chegaram a Bissau em Agosto de 2017 e foram doadas pelo reino de Marrocos à Presidência guineense, mas a sua chegada ao país provocou polémica com alguns a afirmarem que os jipes eram para os deputados e outros a defenderam que tinham sido enviados ao chefe de Estado, José Mário Vaz.

Os jipes chegaram a Bissau em 45 contentores e hoje José Mário Vaz explicou que foram enviados pelo reino de Marrocos à Presidência guineense, que os decidiu doar aos deputados da Nação.

Publicidade