A HCB refere que o volume de produção alcançado no ano passado foi favorecido pelas medidas de gestão hidrológicas, incremento da afluência da água e melhoria gradual de armazenamento de água na albufeira.

Para 2019, a empresa estabeleceu 14.809 GWh como meta de produção.

“A melhoria do desempenho e o aumento da produção energética, maximizando a capacidade instalada, resulta também do plano de modernização das infraestruturas da cadeia de produção, que a Hidroeléctrica de Cahora Bassa está a implementar”, lê-se na nota.

Trata-se do CAPEX Vital 10 anos, que prevê, essencialmente, investimentos na barragem, central de geração, subestações do Songo e de Matambo e nas linhas de transporte de energia, visando aumentar a fiabilidade técnica e operacional, diz o comunicado.

Publicidade