O português João Félix assinalou neste domingo o regresso à equipa do Atlético de Madrid com um golo na vitória por 3-1 frente ao Villarreal, relativo à 25.ª jornada da Liga espanhola de futebol. O jovem ex-Benfica teve ainda influência no lance que resultou no segundo golo da equipa de Diego Simeone.

Afastado dos últimos quatro jogos dos colchoneros devido a um problema muscular na perna direita e de uma faringoamigdalite, João Félix saiu do banco aos 57 minutos, por troca com Vitolo, e fez o 3-1, aos 74 minutos, após assistência de Koke.

O Villarreal chegou à vantagem por Paco Alcácer, aos 16 minutos, mas o Atlético de Madrid deu a volta com golos do argentino Ángel Correa, aos 40′, Koke, aos 64′, e do internacional português, aos 74′.

Com os três pontos conquistados, o Atlético de Madrid subiu ao terceiro posto, com 43, e ultrapassou o Getafe, que caiu para quinto, após perder em casa com o Sevilha, por 3-0, que ascendeu ao quarto lugar, em igualdade pontual com os colchoneros.

Ainda na liga espanhola, o Sevilha regressou às vitórias após um jejum de três jogos, com um triunfo por 3-0 em casa do Getafe, com golos do argentino Lucas Ocampos (43 minutos), do brasileiro ex-FC Porto Fernando (67) e do francês Jules Koundé (75).

O Granada, com os portugueses Rui Silva e Domingos Duarte a titulares, venceu por 3-0 em casa do Osasuna, com dois golos do venezuelano Darwin Machís, que já representou o Vitória de Guimarães, aos quatro e 28 minutos, e um do francês Dimitri Foulquier, aos 41.

Com os três pontos conquistados no terreno de um adversário direto no ‘miolo’ da tabela classificativa, o Granada manteve o nono posto, agora com 36, a dois do Valência (oitavo), enquanto o Osasuna permanece em 12.º, com 31.

No dérbi do País Basco, o Alavés levou a melhor sobre o Athletic, com um triunfo por 2-1, depois de virar uma desvantagem, com golos de Lucas Pérez, aos 28, de grande penalidade, e do brasileiro Rodrigo Ely, aos 90+1, após o golo de Raúl Garcia, aos 17 minutos.

O Alavés segue no 14.º lugar da tabela classificativa, com 30 pontos, e encurtou para um a diferença que o separa do ‘vizinho’ Athletic, que ocupa o 11.º posto, com 31. Entre ambos estão o Osasuna (12.º, com 31 pontos) e o Betis (13.º, com 30).

O Valladolid recebeu e bateu o lanterna-vermelha Espanyol, por 2-1, que ficou reduzido a 10 elementos por expulsão de David López, aos 25 minutos, com golos de Sandro Ramirez, aos 77, e Sergio Guardiola, aos 83.

O Espanyol, que ocupa a última posição, com 19 pontos, os mesmos do Leganés (19.º) e a três do Maiorca (18.º), ainda reduziu por Adri Embarba, na conversão de uma grande penalidade aos 90+3 minutos. O Valladolid é 15.º, com 29 pontos.

Publicidade