Jogo entre Cabo Verde e Moçambique vale tolerância de ponto na Praia

0

O Governo cabo-verdiano aprovou tolerância de ponto para a tarde de hoje, para que os funcionários públicos da ilha de Santiago assistam ao jogo em que a seleção disputa a presença na Taça das Nações Africanas (CAN2021) de 2021 de futebol.

Em causa está a segunda partida dos ‘tubarões azuis’ no Grupo F de apuramento para a próxima CAN2021 de futebol, agora com a seleção de Moçambique, a disputar em casa, na Praia, na ilha de Santiago.

Na primeira partida da fase de apuramento, a seleção comandada por Rui Águas, empatou 0-0 frente aos Camarões, treinados por António Conceição, em Yaoundé, na passada quarta-feira.

“Por forma a permitir aos cabo-verdianas residentes na ilha de Santiago tomarem parte e apoiarem a seleção no desafio contra a seleção de Moçambique, o Governo concede, nos termos da presente resolução, tolerância de ponto”, lê-se resolução do conselho de ministros, publicada no sábado.

A tolerância de ponto é concedida aos funcionários e agentes dos Estado, institutos públicos e das autarquias locais, durante o período da tarde de segunda-feira, na ilha de Santiago, pelo que os serviços públicos só funcionarão entre 08:00 e as 13:00 (mais uma hora em Lisboa).

Não estão abrangidos por esta tolerância de ponto os elementos das Forças Armadas, Polícia Nacional, Polícia Judiciária, estabelecimentos públicos de saúde e guardas prisionais.

A partida entre as seleções de Cabo Verde e de Moçambique tem início marcado para as 15:00 locais (16:00 em Lisboa).

Além de Cabo Verde e de Moçambique, o Grupo F de apuramento para a CAN de 2021 é constituído ainda por Camarões e Ruanda.

Publicidade