A taxa de juro média do crédito à habitação atingiu em setembro um novo mínimo histórico pelo terceiro mês consecutivo, diminuindo 11 pontos base (pb) para 1,00%, divulgou esta terça-feira o Banco de Portugal (BdP).

“Nas novas operações de crédito a particulares para habitação, a taxa de juro média diminuiu 11 pontos base (pb) para 1,00%, atingindo um novo mínimo histórico pelo terceiro mês consecutivo”, pode ler-se na nota de informação estatística do BdP.

Já relativamente ao crédito ao consumo, a taxa de juro média foi de 6,97%, e para outros fins foi de 3,24%.

No total, “os volumes de novas operações para habitação, consumo e outros fins totalizaram 915,462 e 284 milhões de euros, respetivamente”.

Sobre a taxa de juro média dos empréstimos concedidos a empresas (sociedades não financeiras), em setembro foi de 2,18%, um aumento face aos 2,15% registados em agosto.

Nos depósitos, a taxa de juro média dos depósitos a particulares atingiu também “um novo mínimo histórico de 0,08% pelo segundo mês consecutivo”.

Já no segmento de empresas, até um ano, a taxa de juro média foi de 0,09% até setembro, menos um ponto base do que no mês anterior.

Publicidade