O normal da cantora é chegar chegando, tal como diz numa das músicas dela. Desta vez chegou sorrindo para os flashes das máquinas dos fotojornalistas que estiveram na conferência de imprensa.

Um sorriso que, segundo ela, mostra a impressão com que ficou em relação aos moçambicanos que a receberam “com muito carinho desde o aeroporto”, onde as fãs cantaram suas músicas.

“Foi surpreendente ver como as pessoas conhecem as minhas músicas e cantam-nas com muito calor, vi cartazes emocionantes e fiz questão de procurar esses fãs e amanhã vou me encontrar com eles”, revelou a cantora.

Sobre o que vai acontecer no campo de Maxaquene, amanhã, Ludmilla diz que não tem dúvidas de que a noite de sábado vai ser “inesquecível”, até porque o calor humano que recebeu no aeroporto fê-la fazer mexidas no repertório que ela trazia da terra do samba. “Adicionei mais duas músicas antigas”, contou.

Publicidade