Músicos de Macau vão subir ao palco no sábado para um concerto solidário com as vítimas dos ciclones que atingiram este ano as regiões centro e norte de Moçambique, anunciou hoje a organização.

A entrada é livre, mas uma percentagem do valor das senhas reverte para entidades locais, como a Cáritas, a Câmara Municipal da Beira e a Fundação Fernando Couto, disse à Lusa o vice-presidente da Associação de Amigos de Moçambique (AAM).

“Convidámos quatro bandas locais, incluindo bandas originárias de Macau, mas que não tocam no território há bastante tempo. Vai ser uma tarde agradável, com boa música. Convidamos todos a mostrar solidariedade com Moçambique”, disse Carlos Barreto.

Os concertos vão decorrer num hotel da Taipa, entre as 16:00 e as 20:00.

Ao longo deste ano, a AAM enviou três pacotes de ajuda para Moçambique, no valor de 80 mil patacas (cerca de nove mil euros), indicou Carlos Barreto.

Moçambique foi pela primeira vez atingido por dois ciclones muito intensos na mesma época chuvosa.

O ciclone Idai atingiu o centro de Moçambique em março, causou 603 mortos e afetou cerca de 1,5 milhões de pessoas, enquanto o ciclone Kenneth, que se abateu sobre o norte do país em abril, deixou 45 mortos e afetou 286.000 pessoas.

Publicidade