O wushu, ou kung fu (a primeira designação é em mandarim, enquanto a segunda é em cantonês) tem centenas de modalidades, mas o encontro em Macau irá destacar o sanda (combate semelhante ao boxe) e as danças do dragão e leão (comuns em dias de celebração).

Organizado pelo ID desde 2016, o certame tem como objetivo incentivar a prática deste desporto ancestral e atrair mais turistas.

Este ano, para as danças do dragão e leão, participam no encontro atletas locais, do interior da China, Hong Kong, Malásia, Singapura, Indonésia, Tailândia, Myanmar (antiga Birmânia) e Vietname, informou o ID, em comunicado.

Já na área do sanda, além de atletas locais, marcam presença atletas da Coreia do Sul e de duas províncias chinesas: Fosham e Anhui.

O ‘Encontro de Mestres de Wushu 2019’, que terá lugar em diferentes locais do território, tem este ano como novidade o ‘Campeonato de Kickboxing da Grande Baía’, coorganizado pela Federação de Kickboxing de Macau.

Publicidade