Em declarações aos jornalistas, em Rostock, a nordeste da Alemanha, onde inaugurou o maior festival marítimo da Europa, “Hanse Sail”, a convite do Presidente alemão, Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou as relações “antigas de amizade” com a Alemanha e apontou os vários planos em que existe um “nível muito apreciável” de convergência com aquele país.

“Quanto ao quadro financeiro plurianual proposto pela Comissão Europeia, de que os passos devem ser dados de forma clara e rápida e ao mesmo tempo transparente para os europeus, nomeadamente para o futuro da Europa”, disse.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve reunido com o Presidente da República Federal da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, ao fim da manhã, em Berlim, e teve em seguida um “almoço de trabalho” com o seu homólogo.

Das reuniões, o Presidente português afirmou que Portugal e a Alemanha “estão de acordo nas questões fundamentais”: “Estamos de acordo quanto à base que é a proposta da Comissão” Europeia para o orçamento plurianual, reforçou.

“Estamos de acordo quanto ao aprofundamento de vários domínios da União Económica e Monetária e do reforço da zona euro. Estamos de acordo quanto à necessidade de enfrentar de uma forma europeia e integrada questões como as migrações”, apontou.

Publicidade