Hoje, primeiro dia de espectáculo, Matias Damásio actua no Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano num jantar de gala para 700 pessoas, enquan-to amanhã a actuação é no Campus da Universidade Eduardo Mondlane.

Além de Matias Damásio, actuam no palco montado na Universidade Eduardo Mondlane os artistas moçambicanos Mimae, Júlia Duarte, Abuchamo Munhoto, Twen-ty Fingers, Mr Bow e DJ Supman. O angolano Cef terá igualmente a oportunidade de promover temas dos discos “Botão de Rosas” e “Cartel d’Amor.”

O novo álbum de Matias Damásio, que gravou em homenagem à avó materna e “às demais mulheres” da sua vida, tem 12 faixas, entre as quais “Voltei com Ela”, muito apreciada entre os moçambicanos. 

O novo CD do “mestre” da kizomba conta com várias participações de músicos da Europa, Américas e África e entre os títulos encontram-se temas como “Chaves”, “Teu olhar”, “Juro por tudo”, “Só para te abraçar” (com a angolana Pérola), “Alma gémea”, “Fecha a porta” (com a portuguesa Áurea), “Teu Olhar” (com a brasileira Cláudia Leitte) e “Nada mudou”.

À imagem do que caracteriza os álbuns anteriores de Matias Damásio, “Augusta” é um tema romântico preenchido por uma profunda melancolia. O amor é o princípio e o fim de um autor que engrandece a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

O “menino” da terra das Acácias Rubras, Matias Damásio, chegou a Luanda em 1993, proveniente de Benguela, à procura de melhores condições de vida. 

Começou a carreira artística estreando-se no progra-ma Estrelas ao Palco e lançou o primeiro disco, “Vitória”, em 2005.

Publicidade