A Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO) e o Instituto Superior de Artes e Cultura (ISARC) promovem uma série de actividades culturais, em comemoração do Dia Mundial do Livro e Direitos de Autor, que se assinala a 23 de Abril de cada ano. Ao evento, as duas entidades levam teatro, música, feira do livro e debates sobre o livro e direitos do autor.

De acordo com a nota de imprensa da AEMO, o objectivo principal da iniciativa “Semana do Livro” passa pelo incentivo e promoção da leitura, junto de adolescentes e jovens, até 26 deste mês. Assim, esta terça-feira, o escritor Hélder Martins, na companhia do historiador Jorge Jairoce, às 18H, na sede da AEMO, na cidade de Maputo, vai dialogar com os leitores e mantes de literatura sobre o fenómeno escrita, centrando-se no livro e nos direitos do autor.

Na quarta-feira, pelas 18h, a Universidade Técnica de Moçambique (UDM) será palco da palestra sobre Importância da leitura, a ser proferida pelo escritor Lucílio Manjate. No dia seguinte, 25, também às 18h, no anfiteatro da Universidade Pedagógica, no Campus Universitário da Lhanguene – o poeta Amosse Mucavele vai orientar uma palestra subordinada ao tema “Narrar, ler, escrever: formar(se) na escrita”. Por fim, no dia 26 do mês em curso, às 14h30, na Biblioteca do ISArC , na Matola, a organização prevê levar a cabo um programa de encerramento das actividades.

Esta iniciativa tem a coordenação do escritor Januário Mutaquiha e a curadoria de Rosendo Mate e Amosse Mucavele.

Publicidade