“Mais uma vez obrigado aos moçambicanos por esta lição de democracia que demonstraram ao país e ao mundo”, declarou Verónica Macamo, mandatária da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), junto dos órgãos eleitorais, em declarações aos jornalistas após a confirmação dos resultados das eleições autárquicas pela Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Verónica Macamo, que é também presidente da Assembleia da República, assinalou que o partido no poder sai fortalecido com os resultados que obteve nas eleições autárquicas.

“Saís seguramente reforçados, estamos em crer que o trabalho dos nossos autarcas vai catalisar os moçambicanos e teremos melhores resultados nas eleições gerais do próximo ano”, declarou Verónica Macamo.

A CNE confirmou hoje a vitória da Frelimo, partido no poder, em 44 municípios nas eleições autárquicas do dia 10 e dos dois principais partidos da oposição em nove.

O Mapa de Centralização Nacional e do Apuramento Geral dos Resultados das Eleições Autárquicas, lido pelo presidente da CNE, Abdul Carimo, dá a vitória à Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), principal partido da oposição, em oito municípios, e ao Movimento Democrático de Moçambique (MDM), terceiro maior partido no município da Beira, centro do país.

Os resultados hoje anunciados confirmam os dados apurados pelas comissões distritais de eleições das 53 autarquias do país.

Com a votação que conseguiu no escrutínio do dia 10, a Frelimo perdeu cinco dos 49 municípios que controlava antes do pleito, enquanto a Renamo aumentou de um para oito o número de municípios em que vai governar.

Publicidade