A Autoridade Tributária de Moçambique apreendeu um carregamento de 17.500 telemóveis contrabandeados na província de Tete, no interior leste do país, anunciou esta terça-feira aquele organismo.

A apreensão ocorreu na manhã de sexta-feira num controlo rodoviário em Moatize, numa estrada que dá acesso a postos de fronteira com o Maláui.

“Em causa estavam cerca de 17.500 unidades de telefones celulares de marca Nokia e Samsung Galaxy, modelos diversificados, e pouco mais de mil unidades de material de escritório”, referiu fonte do organismo citada pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

Os produtos entraram em Moçambique sem pagar direitos e outras taxas calculadas em cerca de três milhões de meticais (39 mil euros), concluiu.

Publicidade