O Governo moçambicano prevê a presença de três mil convidados na cerimónia de tomada de posse, a 15 de janeiro, do Presidente, Filipe Nyusi, reeleito em outubro passado, referiu hoje o executivo.

“Em termos de convidados, estima-se que estejam presentes três mil convidados, contando com a participação dos cidadãos, em geral”, disse Ana Comona, porta-voz do conselho de ministros, em conferência de imprensa.

Filipe Nyusi vai ser empossado para um segundo mandato de cinco anos como Presidente da República de Moçambique, de acordo com os resultados proclamados pelo Conselho Constitucional (CC), na sequência das sextas eleições gerais, realizadas a 15 de outubro do ano passado.

Publicidade