O candidato da Renamo à Presidência da República, Ossufo Momade, orientou, hoje, um comício na vila sede distrital de Morrumbala, província da Zambézia, e deplorou a degradação da estrada Zero/Morrumbala.

Trata-se de uma via de aproximadamente 50 quilómetros. “Vocês não têm estrada condigna aqui”, disse o candidato, para quem as vias de acesso feitas pelo Governo da Frelimo não são as melhores.

Ossufo Momade disse que ao passar por aquela via sentiu o sofrimento por que a população passa.

Para convencer os eleitores a votarem nele e no seu partido, Ossufo Momade falou ainda da destituição do troço Megaza/posto administrativo de Chire, num percurso de cerca de 85 quilómetros.

Ademais, Ossufo acusou a Frelimo de ser responsável pela destruição de fábricas de algodão, de descasque do arroz e outros empreendimentos.

“Estão a ser enganados meus irmãos, porque a Frelimo nunca vai resolver os vossos problemas. Aqueles são ladrões e corruptos”, afirmou Ossufo, apelando à população a votar nele e na Renamo, por serem a alternativa de governação do país.

Publicidade