A petrolífera norte-americana Occidental Petroleum anunciou este mês que comprou, por 55 mil milhões de dólares (49 mil milhões de euros), a sua rival Anadarko, companhia que lidera um dos maiores projetos de gás natural em marcha em Moçambique.

Reagindo hoje ao negócio entre as duas empresas, o ministro dos Recursos Minerais e Energia de Moçambique, Max Tonela, afirmou que “a nível fiscal, equipas técnicas da Autoridade Tributária de Moçambique e do Instituto Nacional de Petróleos estão a trabalhar com especialistas da Occidental, para que se possa apurar o valor dos impostos sobre ganhos de capital, as chamadas mais-valias”.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here