A plataforma electrónica inaugurada oficialmente pela Presidente da AR, Verónica Macamo, vai permitir uma maior aproximação entre a magna casa e o cidadão, através do acervo bibliográfico e documental do mais alto órgão do poder legislativo no país.

“A plataforma permitirá que o cidadão, independentemente de onde estiver, tenha acesso a toda informação sobre o historial e as actividades da Assembleia da República, garantido, assim, a promoção do pleno exercício de cidadania, através do direito ‘a informação”, disse Macamo.

Falando momentos após a inauguração, Macamo disse que a biblioteca materializa o plano estratégico em matéria de digitalização da documentação do parlamento, contribuindo para o conhecimento e pesquisa sobre o percurso da actividade parlamentar em Moçambique.

“Acreditamos que todo o material a ser disponibilizado irá auxiliar na obtenção de dados das variadíssimas áreas, designadamente politica, económica e socio – cultural”, afirmou.

Apesar do avanço, segundo Macamo, “impõe-se ainda o desafio da digitalização de todo o acervo documental do parlamento, nomeadamente os projectos de lei, actas das sessões plenárias, legislação aprovada e demais documentos públicos”.

Ainda nesta sexta-feira, a Presidente do parlamento inaugurou uma exposição fotográfica sobre a história do parlamento moçambicano desde a sua criação, até ao início da presente legislatura.

Os dois projectos foram patrocinados pela União Europeia que, na ocasião, esteve representada por Stergios Varvaroussis, Primeiro Conselheiro da delegação em Moçambique.

Publicidade