Dados oficiais mostram que só pouco mais de um terço dos adultos no país têm conta bancária, mas essa faixa da população é a maioria da clientela de um dos principais hipermercados de Maputo, conta à Lusa o supervisor de caixas, Mehdi Alhaj.

Do universo que conhece, “quase ninguém anda com dinheiro no bolso” para fazer compras no hipermercado Spar Premier, pelo que muitos clientes estão desde sexta-feira a deixar compras para trás.

Publicidade