A seleção moçambicana de futebol derrotou o Ruanda por 2-0, assumindo a liderança do grupo F em jogo de apuramento para a Taça na Nações Africanas (CAN) de 2021, que se realiza nos Camarões. A equipa treinada pelo português Luís Gonçalves entrou a dominar o jogo, com dois remates à baliza do adversário logo nos primeiros sete minutos de jogo.

Com meio campo mais firme e num jogo mais maduro, a seleção moçambicana obrigou o Ruanda a baixar as linhas e não tardou para, aos 27 minutos, Moçambique marcar o primeiro golo, por intermédio de Mexer, na cobrança de um penálti resultante de uma mão na bola na grande área de um dos defesas ruandeses.

Com o Ruanda desconcentrado, os ‘mambas’ aproveitaram-se do momento para, num cruzamento para grande área, marcar o segundo golo, através Telinho, dois minutos depois do primeiro, num lance em que o médio aproveitou a distração dos defesas ruandeses para empurrar a bola para baliza com o pé direito.

O Ruanda ainda tentou recuperar com contra-ataques rápidos, mas valeu a experiência de Mexer entre os centrais moçambicanos.

Na segunda parte, os ‘mambas’ voltaram mais concentrados e, novamente, a obrigar o adversário a baixar as linhas.

Nas bancadas, apesar da chuva que surpreendeu os adeptos no final do dia, o público que se fez ao Estádio Nacional do Zimpeto pedia “só mais um”.

Moçambique teve muitas oportunidades de alargar a vantagem, mas faltou precisão dos avançados.

Pouco antes do fim do jogo, houve um apagão no Estádio Nacional do Zimpeto, mas a energia foi restabelecida em poucos minutos.

Com o resultado, Moçambique assume a liderança do grupo F, com três pontos, mais um do que Cabo Verde e Camarões, que empataram sem golos na quarta-feira.

Publicidade