Nesta edição, a ModaLisboa decorre nas Antigas Oficinas Gerais de Fardamento e Equipamento, mas, como habitualmente, acaba por se estender a outros locais de uma determinada zona da cidade, neste caso a do Campo de Santa Clara.

A coleção de Carolina Machado será assim apresentada, às 15:00, no Panteão Nacional, num desfile que está incluído na série de iniciativas abertas ao público em geral.

Hoje, serão também desvendadas as propostas para a primavera do próximo ano de Olga Noronha, Constança Entrudo, Duarte, Gonçalo Peixoto, Kolovrat, Carlos Gil e Luís Carvalho. A apresentação da coleção de Olga Noronha decorre numa outra zona da cidade, a das Amoreiras, no Coletivo 284.

Todos estes desfiles são acessíveis apenas por convite, mas há mais iniciativas abertas ao público, entre as quais uma exposição da Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos (APICCAPS), o Showcase ModaPortugal, do Centro de Inteligência Têxtil (CENIT) e da Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção (ANIVEC), que reúne moda, ‘lifestyle’ e cultura, e a loja temporária Wonder Room, que reúne marcas de joalharia, calçado, vestuário e ‘lifestyle’.

Além disso, na zona central do edifício, o Jardim das Laranjeiras, foi instalada uma pequena zona de restauração.

O programa da 53.ª edição da ModaLisboa volta a incluir o Check Point, um espaço de encontro da indústria, que inclui oficinas e debates.

Ainda no âmbito da ModaLisboa, o Museu Militar de Lisboa e a respetiva Sala dos Gessos têm hoje entrada livre.

Publicidade