O ex-Presidente egípcio Hosni Mubarak, afastado do poder em 2011 no âmbito da chamada Primavera árabe, morreu hoje, aos 91 anos, noticiou a televisão estatal.

Mubarak morreu no hospital militar Galaa, no Cairo, onde estava internado há um mês na sequência de uma operação.

Hosni Mubarak esteve 30 anos no poder, até à revolta popular de 2011, tendo sido forçado a demitir-se ao fim de 18 dias de protestos em massa nas ruas de várias cidades do Egito.

Fonte familiar citada pela Agência Frace-Presse disse que o funeral vai ser organizado pela presidência egípcia.

Publicidade