O Itaú Cultural, na Avenida Paulista, região central da capital, recebe até o dia 26 de janeiro a segunda edição do festival a_ponte: Cena do Teatro Universitário. São dez espetáculos de nove estados das cinco regiões do país. As peças foram selecionadas entre 141 inscrições em convocatória aberta pela instituição. Além desses, foram convidados sete grupos com carreira consolidada em suas regiões.

A programação traz ainda painéis e debates para aprofundar as discussões sobre as diversas pesquisas que passarão pelo palco do centro cultural. “Gostaríamos de iluminar ainda mais o aspecto investigativo, científico do teatro universitário. Tanto que uma das inovações desta edição é a presença de professores das instituições selecionadas”, enfatiza a gerente do Núcleo de Artes Cênicas do Instituto, Galiana Brasil.

Na noite de hoje (18), às 21h, acontece a performance Mil litros de preto: A maré está cheia, de Lucimélia Romão, da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ). Uma piscina de 400 litros é preenchida por um líquido vermelho, balde a balde. Em cada recipiente estão sete litros, para representar o assassinato de jovens negros. Os nomes, idade e situação das mortes são lembrados durante o trabalho.

Amanhã (19), às 15h, o Grupo 59, um dos convidados para a programação apresenta o espetáculo infantil O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá. Inspirado no livro de mesmo nome de Jorge Amado, o grupo paulista, dirigido por Cristiane Paoli Quito, conta a história do amor impossível entre o gato malhado e a andorinha.

Os ingressos são gratuitos e a programação completa pode ser conferida na página.

Publicidade