De acordo com as estatísticas dos transportes do INE, no ano passado, nos aeroportos e aeródromos cabo-verdianos o número de aviões movimentados cresceu 3,3%, em relação ao ano de 2018.

Em termos absolutos, no ano de 2019 registaram-se 35.202 movimentos de aeronaves, 1.125 movimentos a mais, face ao ano anterior, contabilizou o instituto cabo-verdiano.

No período em análise, o INE constatou que se registaram nos aeroportos e aeródromos de Cabo Verde 17.607 movimentos de aterragens e 17.595 movimentos de descolagens.

Relativamente ao tráfego de passageiros, este aumentou 2,6% em 2019, mais de 2,7 milhões relativamente ao ano transato.

Em termos absolutos, no ano de 2019, passaram pelos aeroportos e aeródromos de Cabo Verde 2.771.919 passageiros, correspondendo a 69.687 passageiros a mais do que em 2018, ainda de acordo com os dados do INE. 

No período em análise, registaram-se nos aeroportos e aeródromos de Cabo Verde 1.279.785 movimentos de passageiros embarcados, 1.273.700 movimentos de passageiros desembarcados e 218.434 movimentos de passageiros em trânsito direto.

No ano passado, a tonelagem de cargas movimentadas nos aeroportos e aeródromos de Cabo Verde cresceu 6% e a tonelagem dos correios movimentados aumentou 12,6%, em relação ao ano de 2018. 

Nos portos, o número de navios movimentados cresceu 1,0%, o número de passageiros movimentados aumentou 8,4%, a tonelagem de mercadorias movimentadas cresceu 2,3% e o número de contentores de 20 pés movimentados aumentou 8,9%, comparativamente ao ano de 2018. 

Nos transportes coletivos urbanos de passageiros (autocarros), o número de passageiros transportados aumentou 9,8%, a extensão de percursos cresceu ligeiramente 0,1%, o total de quilómetros percorridos cresceu 3,6%, prosseguiu o INE.

Ainda segundo das estatísticas, no ano passado o total de horas trabalhadas nos autocarros cabo-verdianos aumentou 11,3%, o índice de passageiros transportados por quilómetros nos diversos percursos cresceu 3,0% e o número de lugares oferecidos também aumentou 6,1%, face ao ano de 2018.

Publicidade