Em São Petersburgo, um autogolo do avançado Bouhaddouz, aos 90+5 minutos, deu o triunfo aos iranianos, que passaram provisoriamente a liderar o agrupamento à frente de Portugal e Espanha, que se defrontam ainda hoje em Sochi, às 21:00 (19:00 em Lisboa).

O Irão conseguiu frente a Marrocos o segundo triunfo da sua história em Mundiais de futebol, o primeiro sob o comando de Carlos Queiroz, que já tinha orientado a seleção em 2014, no Brasil.

Publicidade