O chefe do Executivo eleito de Macau deu a conhecer esta quarta-feira os 11 membros do Conselho Executivo, que mantém três dos anteriores elementos num órgão que serve para ajudar o líder do Governo na tomada de decisões.

Além de deputados e ex-deputados da Assembleia Legislativa (AL) à qual presidiu, Ho Iat Seng escolheu sobretudo personalidades ligadas à gestão e à economia, mas também ao direito, como é o caso do atual presidente do Conselho Geral do Conselho das Comunidades Portuguesas, Leonel Alves, que transita como conselheiro, de acordo com um comunicado do Gabinete do Chefe do Executivo do V Governo.

Leonel Alves é licenciado pela Universidade Clássica de Lisboa, membro da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, presidente da Comissão de Disciplina das Forças de Segurança e da Comissão de Fiscalização da Autoridade Monetária. O futuro secretário para a Administração e Justiça, André Cheong Weng Chon, vai integrar o órgão, no qual se mantêm os empresários Lam Kam Seng Peter e Chan Chak Mo.

Peter Lam é presidente do Conselho de Administração da Universidade de Macau, presidente do Conselho de Administração da Macau Renovação Urbana, vice-presidente do Conselho de Administração da Associação Comercial de Macau, vice-presidente da Associação de Construtores Civis e Empresas de Fomento Predial de Macau.

Já Chan Chak Mo é deputado da AL, presidente da União das Associações dos Proprietários de Estabelecimentos de Restauração e Bebidas, vice-presidente da Associação Industrial, membro permanente do conselho de administração e chefe do Departamento de Assuntos Industriais e Comerciais da Associação Comercial, bem como presidente da Associação Promotora da Economia de Macau.

Os restantes membros são uma novidade no Conselho Executivo, como é o caso do antigo deputado Lee Chong Cheng e atual vice-presidente da Federação das Associações dos Operários de Macau, e também membro da Comissão da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês da província chinesa de Guangdong.

Chan Ka Leong e Iau Teng Pio também integram o órgão pela primeira vez. O primeiro é vice-presidente da União Geral das Associações dos Moradores de Macau e da Associação de Educação de Macau. O segundo, Iau Teng Pio, outro deputado da AL é diretor-adjunto, professor associado e assistente auxiliar de doutorandos da Faculdade de Direito da Universidade de Macau, além de membro da Comissão da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês de Tianjin. Iau Teng Pio integrou a equipa de apoio à candidatura de Ho Iat Seng.

Os últimos três que completam a lista são Ieong Tou Hong, Zhang Zong Zhen e Chao Weng Hou.

Leong Tou Hong, outro antigo deputado, é coordenador do Centro de Estudos para a Qualidade de Vida, membro permanente da Comissão da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês da província chinesa de Guangdong, presidente da Associação de Investimento Turística e Cultural, vice-presidente da Associação Económica e presidente da Associação Promotora da Economia de Macau.

Já o empresário Zhang Zong Zhen, membro da Comissão Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, é vice-presidente da Federação Industrial e Comercial da China, vice-presidente da Associação de Promoção Empresarial Gloriosa da China e presidente da Associação para Promoção do Desenvolvimento da Cultura Chinesa de Macau.

Finalmente, Chao Weng Hou é membro permanente da Federação de Juventude da província chinesa de Shanxi e do Conselho do Ensino Superior do Governo de Macau, presidente da Associação de Nova Juventude Chinesa de Macau e vice-presidente da Federação de Juventude de Macau.

Os 11 membros do Conselho Executivo tomam posse a 20 de dezembro, assim como o V Governo da Região Administrativa Especial de Macau.

Publicidade