“O BNA confirma o dia 01 de abril para adoção da nova plataforma de negociação”, lê-se na ata da reunião de sexta-feira entre o regulador e a associação angolana de bancos.

No documento, a que a Lusa teve hoje acesso, o regulador explica que foi informado pela Bloomberg “que 70% dos bancos e operadores petrolíferos já têm acesso à plataforma, em modo ‘standalone’ ou integrado, e que vão oferecer formação à distância para quem necessitar”.

Esta nova plataforma vai permitir que as petrolíferas que operam no país possam comprar diretamente os dólares de que necessitam, influenciando a taxa de câmbio, que o BNA quer que continue a ser formada livremente.

“A formação da taxa de câmbio de referência será também alterada pelo recurso à plataforma Bloomberg, passando a capturar as operações efetuadas pelo setor de petróleo e gás”, lê-se na ata da reunião.

Publicidade