Entre a secção oficial estão dois documentários portugueses, “Sobre tudo e sobre nada”, realizado por Dídio Pestana e que passou pelo festival de Locarno, e “Hálito Azul”, de Rodrigo Areias, apresentado em estreia mundial e na ‘corrida’ por um prémio de três mil euros.

Dedicado este ano ao tema “Ficções do Real”, o evento desdobra-se em vários espaços da cidade, em particular no Teatro Municipal Rivoli, mas também o Cinema Passos Manuel, a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, o Planetário, a Universidade Católica, o Maus Hábitos e o Cinema Trindade.

Publicidade