O Presidente da República admitiu hoje, em Viseu, não perceber como é possível “ser-se político nacional sem se ter experiência autárquica” e defendeu que o país deve avançar com a descentralização de competências para as autarquias locais.

“Essa experiência é fundamental. Nunca percebi, aliás, como era possível ser-se político nacional sem se ter experiência autárquica”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado, que falava na sessão de abertura do XVI Congresso da Associação Nacional de Freguesias (Anafre), no pavilhão multiusos de Viseu, salientou desta forma a exigência por que passam os eleitos locais.

“Trata-se de debater temas sobre os quais não se tem a noção do que é o quotidiano, do que é 24 horas por dia ter apelos para a resolução de problemas concretos, específicos e complexos”, frisou.

Publicidade