O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, exonerou hoje todos os membros do Governo, vice-ministros, conselheiros presidenciais e o seu adido de imprensa, um dia antes de tomar posse para um segundo mandato, em cumprimento de uma formalidade constitucional, anunciou a Presidência em comunicado.

Filipe Nyusi exonerou Adriano Maleiane (ministro da Economia e Finanças), José Pacheco (ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação), Atanásio Salvador Mtumuke (ministro da Defesa Nacional), Adelaide Amurane (ministro na Presidência para Assuntos da Casa Civil) Agostinho Mondlane (ministro do Mar, Águas Interiores e Pescas), Nazira Abdula (ministra da Saúde), e Cidália Chaúque (ministra do Género, Criança e Ação Social).

Filipe Nyusi exonerou ainda Ernesto Tonela (Recursos Minerais e Energia), Carlos Mesquita (Transportes e Comunicações), Celso Correia (Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural), e José Olívio Penicela Nhambiu (cargo de ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional).

Publicidade