O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, nomeou hoje Lúcia Maximiano do Amaral para o cargo de presidente do Tribunal Administrativo, na sequência de outras nomeações realizadas no setor da justiça na última semana, anunciou a Presidência em comunicado.

No mandato passado de Filipe Nyusi, Lúcia Maximiano do Amaral desempenhou a função de Procuradora-Geral Adjunta.

No setor da justiça, Filipe Nyusi nomeou ainda, na última semana, João António Beirão ao cargo de vice-presidente do Tribunal Supremo e designou Vasco Mambo e Manuel Júnior para membros do Conselho Superior da Magistratura Judicial Administrativa.

Filipe Nyusi foi reeleito à primeira volta para um segundo mandato com 73% dos votos nas eleições de 15 de outubro do ano passado em Moçambique, no escrutínio em que o seu partido (Frelimo) também obteve a maioria nas eleições legislativas e das assembleias provinciais.

Publicidade