Francisco Guterres Lu-Olo enalteceu o coronel como “um compatriota que, naquelas horas difíceis da luta de libertação nacional, se empenhou nela, exercendo funções tanto de cariz militar como de clandestino”.

O militar, disse, assume um cargo “da maior importância na direção” das F-FDTL e terá um papel crucial para garantir que o “desenvolvimento e modernização das Forças Armadas, como dignas continuadoras do espírito, dos valores e determinação das gloriosas FALINTIL [As Forças Armadas de Libertação Nacional de Timor-Leste], sejam levadas a cabo de uma forma serena, mas decidida, tendo em conta os interesses da defesa do país”.

A cerimónia de tomada de posse decorreu hoje no Palácio Presidencial perante as principais figuras de Estado, representantes do corpo diplomático e veteranos, ex-titulares de órgãos de soberania, responsáveis militares e veteranos da luta pela independência.

“O Estado-Maior Coordenador Conjunto constitui o órgão de planeamento, coordenação, controlo da atividade de Estado-Maior e das Componentes, contribuindo para o apoio à decisão do CEMGFA [Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas] no âmbito do processo da reorganização da estrutura superior das Forças de Defesa, da gestão dos recursos e das infraestruturas, da instrução e doutrina e do planeamento e treino da Componente Operacional do Sistema de Forças”, explicou.

“São naturalmente funções muito exigentes e complexas as que vai exercer que requerem grande capacidade de trabalho e de qualidades de organizador, motivador, coordenador e de sólidos conhecimentos técnico-profissionais num domínio variado de assuntos das diversas áreas de Estado-Maior no auxílio na tomada de decisão do comando”, sustentou.

Calisto Santos Coli, que tem estado interinamente nessas funções, assume formalmente o cargo em substituição de Falur Rate Laek que, no início do mês, tomou posse como vice-chefe do Estado-Maior General das F-FDTL.

Falur Rate Laek, promovido ao posto de brigadeiro-general em junho, substituiu Filomeno Paixão, que foi exonerado do cargo para assumir funções como ministro da Defesa no atual Governo.

Lere Anan Timur continua comandante das F-FDTL.

Publicidade