“Discutimos a visita do Presidente à Finlândia e estamos ansiosos para o receber”, disse Ville Skinnari, ministro da Cooperação para o Desenvolvimento e Comércio Externo da Finlândia.

O governante finlandês falava em Maputo após a reunião com a ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo, no âmbito de uma visita de trabalho que realiza a Moçambique.

Ville Skinnari explicou que as discussões da reunião de hoje foram sobre a cooperação e desenvolvimento bilateral, bem como a relação com a União Europeia.

“Tivemos uma reunião muito produtiva e boa e esperamos ansiosamente pela próxima vez na Finlândia em junho”, frisou.

Por seu turno, a ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação moçambicana referiu que “se deve elevar as relações económico e empresariais para níveis mais altos”.

“O desejo de Moçambique é de ver mais ainda expandida as áreas de agricultura, indústria e pesca”, afirmou Verónica Macamo, acrescentando que esteve sobre a mesa a operacionalização do plano de cooperação 2020-2024.

A Finlândia tem participado no desenvolvimento rural, educação e boa governação, afirmou.

“A coisa mais difícil para um pobre é a fome, a questão da agricultura e outras áreas que comparticipam na produção da comida que fossem vistas com muita atenção”, acrescentou.

A visita de Ville Skinnari a Moçambique visa fortalecer a cooperação entre os dois países.

Além do encontro com a ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Ville Skinnari tem marcadas reuniões com o ministro da Indústria e Comércio, Carlos Mesquita, com a ministra da Educação e Desenvolvimento Humano, Carmelita Namashulua, e com a presidente do parlamento, Esperança Bias.

Antes de Moçambique, Ville Skinnari visitou a Tanzânia, onde também manteve encontros com quadros do Governo com o objetivo de reforçar a cooperação bilateral.

Publicidade