Fonte da Presidência disse à Lusa que Francisco Guterres Lu-Olo assinou a deliberação de publicação da resolução, o que permite que a 30 de agosto os primeiros-ministros de Timor-Leste e da Austrália procedam à troca de notas que marca a entrada em vigor do documento.

Lu-Olo promulgou duas propostas de lei que são essenciais para a entrada em vigor do tratado, nomeadamente que alteram o regime tributário e a legislação laboral.

O Presidente deverá fazer ainda hoje uma declaração à nação sobre este assunto.

Publicidade