Quatro pessoas perderam a vida na sequência da chuva intensa que se abateu sobre a província de Maputo neste fim-de-semana.

Os casos registaram-se nos distritos de Boane e Matola, onde as vítimas morreram devido a descargas atmosféricas, arrastamento pelas águas pluviais e electrocussão, devido a queda de cabos de corrente eléctrica

No município da Matola, as chuvas fortes deixaram inundadas mais de seiscentas casas nos bairros da Machava 15, Fomento, Liberdade, entre outros, desta urbe.

Os dados foram avançados pelo delegado do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), em Maputo, no balanço preliminar do mau tempo que assolou aquela parcela do país.

Rocha Nuvunga disse que em face da situação, decorrem trabalhos de abertura de centros transitórios para a acomodação das famílias afectadas, entre outras acções, visando mitigar o impacto da intempérie.

“Há casos cujas famílias estão com água e não há previsão que a água vaze tão cedo. Então decidimos operacionalizar três centros de trânsito na Escola Primária Completa de Nkobe e no Centro da OTM e mais tarde em Ndlavela“, disse. (RM Maputo)

Publicidade