Ao falar na conferência de imprensa que assinalou o 43.º aniversário da petrolífera angolana, em Luanda, Sousa Fernandes referiu que o aumento está nos objetivos de um projeto conjunto entre a Sonangol e a italiana ENI, que visa a criação de outra unidade de refinação para gasolina.

Segundo o responsável da Sonaref, a nova unidade de produção está na fase de planeamento, devendo, em março, ser garantida a adjudicação dos contratos, após o que se passará à fase de construção, prevendo-se que possa reduzir o atual défice do mercado em 20%.

Sousa Fernandes adiantou que, até ao final de março, será divulgada a empresa vencedora das 12 que participaram do concurso e que, em abril, começará a construção.

Publicidade