Numa conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo português Augusto Santos Silva, que decorreu no Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Lisboa, Aloysio Ferreira afirmou: “Não há entre nós nenhum ponto de irritação ou conflito, pelo contrário, o nosso entendimento nas relações bilaterais é rastreado em programas, projetos, investimentos, comércio e muita proximidade cultural, colaboração no campo da ciência, da tecnologia e inovação”.

Na opinião do governante brasileiro ” há uma relação bilateral proveitosa que tem sido alimentada ao longo dos anos por visitas de alto nível dos dois lados. E esta é mais uma delas”, referindo-se à sua visita de dois dias em Lisboa, que termina hoje. E aproveitou para desatacar o contributo que Santos Silva deu para essas “boas relações entre Portugal e o Brasil”.

Publicidade