O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse hoje na abertura da Cimeira Rússia-África que quer pelo menos duplicar as trocas comerciais com o continente nos próximos cinco anos, destacando o potencial de crescimento dos países africanos.

“Estamos a exportar atualmente 25 mil milhões de dólares [22,5 mil milhões de euros] por ano em alimentos, o que é um valor maior do que o que resulta da venda de armas, que representam 15 mil milhões [13,5 mil milhões de euros]”, disse o governante russo, acrescentando querer, “pelo menos, duplicar essas trocas nos próximos quatro ou cinco anos”.

As declarações de Putin foram feitas no discurso oficial de abertura da Cimeira Rússia-África, que decorre na cidade costeira de Sochi, na Rússia, perante dezenas de chefes de Estado e governantes africanos, entre os quais os presidentes de Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Publicidade