O primeiro-ministro de São-Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada recebeu esta manhã em audiência, a chefe da missão do FMI, Xiangming Li, com quem, abordou  questões de reformas económicas e financeiras visando o desenvolvimento sustentável do País.

De acordo com a representante do Fundo Monetário Internacional, FMI, Xiangming Li, trata-se de uma “missão de continuidade para avaliar as acções do governo de São Tomé e Príncipe” no âmbito das “reformas económicas” para garantir o crescimento macroeconómico rumo ao “desenvolvimento sustentável”.

Tendo reconhecido “algumas evoluções” no âmbito das actividades e acções das reformas económicas em curso no País, a chefe da missão do FMI manifestou-se confiante no cumprimento dos programas  pré-estabelecidos, tendo em conta os esforços empreendidos pelo governo nos últimos tempos.

Esta missão chefiada pela chinesa Xiangming Li, surge quatro meses depois do Fundo Monetário Internacional, FMI ter anunciado a aprovação da terceira e quarta avaliação do empréstimo concedido a São Tomé e Príncipe, estimado em 1,8 milhões de dólares.

A aprovação do supracitado montante aconteceu nove meses depois do primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada ter sido recebido em Washington, pela directora do FMI, Christine Lagarde, num encontro que contou com a presença do ministro das Finanças, Américo Ramos e do governador do Banco Central, Hélio de Almeida.

Há pouco mais de um ano, uma missão FMI também chefiada na altura por Xiangming Li produziu um balanço positivo da avaliação do programa com São Tomé e Príncipe, tendo reconhecido a existência de vários desafios consideráveis a enfrentar no plano fiscal.

Publicidade