A forte seca que afeta vastas áreas no sul de África está a ameaçar de fome cerca de 45 milhões de pessoas, divulgou na quinta-feira a organização não-governamental Oxfam.

Fornecimentos urgentes de alimentação estão planeados para zonas da África do Sul, Zâmbia, Zimbabué e outros países, que foram atingidos por uma combinação de chuva escassa e temperaturas elevadas.

“Estamos a testemunhar milhões de pessoas, que já são pobres, a enfrentarem uma insegurança alimentar extrema e a esgotarem as suas reservas, devido à combinação de choques climáticos, que atingiram sobretudo as comunidades que já estavam vulneráveis. Estas precisam de ajuda urgente”, afirmou Nellie Nyang’wa, diretor da Oxfam para o sul de África.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here