“Moçambique praticamente não contribui para as alterações climáticas e para o aquecimento global, mas o país está na primeira linha das vítimas do aquecimento global. Isso dá-lhe o direito de exigir da comunidade internacional uma forte solidariedade e um forte apoio”, afirmou António Guterres.

O secretário geral da ONU falava momentos após ter sido recebido pelo Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, no âmbito da visita de três dias que hoje iniciou a Moçambique.

Publicidade