O selecionador de futebol da Guiné-Bissau, Baciro Candé, manifestou-se hoje confiante na obtenção de um resultado positivo na receção a Essuatíni, na primeira jornada da fase de apuramento para a Taça das Nações Africanas (CAN) de 2021.

Em declarações à Lusa, Baciro Candé disse que as “expectativas” são “boas” e que o objetivo é ganhar o jogo de quarta-feira frente à seleção da antiga Suazilândia, para o qual convocou 11 jogadores que alinham em clubes portugueses.

O selecionador guineense, que convocou 22 jogadores, revelou que não poderá contar com Romário Baldé, avançado do Gil Vicente, que está a recuperar de uma lesão.

Os treinos da seleção guineense começam hoje no Estádio 24 de Setembro, em Bissau, mas apenas com parte da equipa, uma vez que há jogadores que só chegam hoje à capital guineense, por terem jogado domingo nas respetivas equipas.

A Guiné-Bissau disputa com o Senegal, a República do Congo – que defrontará na segunda jornada – e Essuatíni o grupo I de qualificação para a CAN de 2021, cuja fase final se vai realizar nos Camarões.

Lista de convocados:

– Guarda-redes: Jonas Mendes (Black Leopards, Afs), Rui Dabó (Comércio e Indústria, Por) e Alberto Coli (União de Santarém, Por).

– Defesa: Nanu (Marítimo, Por), Mamadu Candé (Santa Clara, Por), Juary Soares (Mafra, Por), Rudinilson Silva (Zalgiris Kaunas, Lit), Marcelo Djaló (Lugo, Esp) e Tomás Dabó (Sered Slovak, Esl).

– Médios: Sori Mané (Moreirense, Por), Judilson Gomes (Reading, Ing), Jorge Nogueira (Farense, Por), João Jaquité (Tondela, Por), Moreto Cassamá (Reims, Fra) e Ladislau Alves (Torriense, Por).

– Avançados: Mama Balde (Dijon, Fra), Piqueti Djassi (Ismaily, Egi), Jorge Intima (Ludogorets, Bul), João Mário (Académico de Viseu, Por), Romário Baldé (Gil Vicente, Por), Toni Brito Silva (Astra Giurgiu, Rom) e Joseph Mendes (Ajaccio, Fra).

Publicidade